sexta-feira, 2 de maio de 2014

Meu Olhar sob o Teu manto - Dora Estrela #OlhardaGente






A crônica “Meu Olhar Sob o Teu manto”, de Dora Estrela me levou para um passeio  pela minha cidade, apesar do gênero não ser o meu preferido. Sua crônica está cheio de referências importantes acerca da cidade. Elas me fizeram reencontrar pontos da cidade, autores importantes, temáticas históricas.

Inicialmente, a autora nos apresenta suas belezas naturais, cita um dos momentos mais festejados pelos cearenses, que é a libertação dos escravos, fala-nos sobre sua arquitetura, sua culinária. E termina descrevendo a maior referência a cidade: o mar.

O mar representa Fortaleza. Suas águas esverdeadas, tão valoradas por nossos escritores. Esse mesmo mar que faz parte da infância da autora e minha também. Apesar de eu não ser muito fã de sol, o mar faz parte de mim e de minha formação, assim como também acredito eu de Dora.

Suas referências a José de Alencar me emocionaram bastante. Apesar de Iracema não ser um dos meus livros preferidos, Iracema sempre foi um ícone de beleza para todos os moradores e admiradores da nossa cidade. Iracema representa nossas raízes indígenas, nosso inicio, nosso calor, nossa força. Palavras estas que representam bem o povo de Fortaleza.

A autora foi bastante feliz na escolha das referências acerca da cidade. Fez nós leitores voltarmos a nossa infância e lembrarmos o porquê de amamos tanto nossa cidade natal e porque ela é chamada de terra da luz.

Entrevista com a autora

     1. De onde veio a ideia para seu texto?
    
    A ideia surgiu quando decidi declarar o amor que sinto pela cidade em forma de versos, mas lembrei que eu já tinha muitos poemas homenageando Fortaleza, e decidi que dessa vez escrevia uma crônica, quis expressá-la com bastante sensibilidade, pra que não perdesse a essência poética que gosto de transmitir em tudo que escrevo.

2. Como foi seu processo de escrita?

Adorei o tema; O olhar da gente se misturando com a dimensão de sentimentos, e deixando que o pensamento nos guiasse em cada cenário da cidade, foi um tanto mágico e muito inspirador.

 3. Como foi sua experiência em participar do concurso?

Foi uma experiência maravilhosa, o livro ficou perfeito, os textos diversificados e bem escritos, o evento foi muito bem organizado, os convidados excelentes. Realmente, um momento de incentivo e reconhecimento muito marcante para todos nós escritores contemplados nesta antologia.


2 comentários:

Marta Maria disse...

Beleza sem igual nesta crônica! Ela tem algum blog? Quero ler todos! ABRAÇOS

Paulo Henrique Passos de Castro disse...

Muito boa a crônica! Ótimas imagens construídas ao longo do texto. Uma das imagens mais bonitas é a comparação entre as espumas do mar e sereias tecelãs, que bordam os pés das pessoas.

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

© 2011 Viagens Esquizofrênicas a Lua, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena